Maquiagem, Universo Feminino

Hoje é dia do Batom

Olá leitoras!!!!

Como hoje é o dia do batom, resolvi contar um pouquinho sobre a origem desse tão amado item de beleza para nós mulheres e também algumas curiosidades.

batom-matte-cosbel1

O primeiro dado que encontrei foi o da  rainha egípcia Nefertite, por volta de  1350 a.C., Nefertite, já usava batom. No museu de Berlim, na Alemanha, pode-se ver através da rainha egípcia esposa do faraó Akhenaton, que os lábios femininos já eram pintados.

No mundo antigo eram utilizados produtos naturais para se pintar os lábios. As mulheres gregas usavam uma raiz vermelha chamada “polderos” misturada com cera de mel para dar um aspecto mais saudável e húmido aos lábios. As mulheres das altas classes do Egipto usavam “púrpura de Tyr” que nada mais era que uma tinta, bastante rara, produzida na cidade fenícia de Tiro.

O batom começou a ganhar mais popularidade na Inglaterra através do século XVI, durante o reinado da rainha Elisabeth I. Criou-se então um padrão de moda feminina em que a cara era tornada o mais branca possível, com a ajuda de cremes, e assim contrastava com os lábios bem vermelhos. Por essa altura o batom era confeccionado a partir de cera de abelha e tintas vegetais.

saiba-qual-batom-ideal-para-cada-tipo-de-pele1

Durante vários séculos, usar algo para colorir os lábios foi um sinônimo de sensualidade e más intenções. Na Grécia, durante o século II, foi criada uma lei que proibia as mulheres de utilizar pigmentações na boca antes do casamento. Muito tempo depois, em 1770, a Inglaterra acabou proibindo de vez tal prática. A explicação era simples: moças que coloriam os lábios tinham um grande poder de sedução capaz de enganar os homens. Nessa época, somente prostitutas e algumas atrizes extravagantes faziam uso dos pigmentos.

O nome batom deriva de uma palavra de origem francesa e significa bastão. Tal denominação surgiu a partir da criação do perfumista Rhocopis, o qual desenvolveu uma massa composta por talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão, na cor vermelha, dando origem ao primeiro batom da história. Tal nome é justificável pelo fato de Rhocopis ter colocado seu produto em uma embalagem cilíndrica de papel de seda, algo parecido com um bastão.

Foi no começo do século XX que o batom conquistou seu lugar cativo na lista de objetos indispensáveis da mulherada, época em que o mesmo começou a ser vendido embalado num tubo e vendido em cartucho na cidade de Paris. Naquele momento, a difusão do uso do batom pelo mundo inteiro era apenas uma questão de tempo.

acerte-na-cor11

Hoje, o batom é um item indispensável na bolsa e penteadeira de qualquer mulher e com certeza nos deixam mais bonitas, confiantes, melhoram  muito a nossa autoestima!!!

Espero que tenham gostado, até mais!!!

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

Deixe um comentário

Deixe uma resposta